Biotipo F1 Charolês/Nelore

Alguns clientes que buscam carcaças de maior porte e que contam com sistema de alimentação com ótimo custo-benefício vem utilizando o Charolês americano para fazer cruzamento sobre as fêmeas Nelore a fim de produzir animais muito pesados.

No vídeo, boiada meio-sangue Charolês na Fazenda Mirandópolis, do Grupo Bom Jesus, localizada no município de Juscimeira (MT). Animais pesando cerca de 30 kg a mais que os da raça Angus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Páginas

Postagens Recentes