Dá certo cruzar Senepol com vacas mestiças na região da Chapada Diamantina?

No quadro Giro do Boi Responde do dia 6 de abril, Alexandre Zadra respondeu mais uma pergunta de telespectadores do programa. Confira:

Pergunta:

Pretendo introduzir o gado Senepol em minha propriedade por ser manso. Posso fazer o cruzamento com as vacas Nelore mestiças? O Senepol se adapta bem? Robledo Barbosa Xavier, da região da Chapada Diamantina, na Caatinga, município de Ibitiara (BA).

Resposta:

A raça Senepol está se difundindo pelo Brasil justamente por conta de sua característica de adaptabilidade por ser um taurino tropical. Além disso, o Senepol encontra complementaridade no cruzamento com vacas Nelore, de tamanho maior e de desenvolvimento mais tardio. Quando as raças se encontram, o Senepol introduz um frame menor e, consequentemente, mais precocidade também.

Você poderá ainda aproveitar as fêmeas frutos do cruzamento de Senepol com vacas Nelore mestiças, que serão baias de pelo curto. Depois disso, pode rotacionar o cruzamento com outros taurinos adaptados (Bonsmara ou Caracu, por exemplo) ou até bimestiços (Brangus, Braford, Canchim, Santa Gertrudis ou Simbrasil) na inseminação ou como touros.

Por fim, assista em detalhes a resposta completa de Alexandre Zadra:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *