Dá certo fazer cruzamento terminal de Limousin com Nelore?

No programa Giro do Boi do último dia 12 de janeiro, o zootecnista Alexandre Zadra respondeu a pergunta de um criador de Vitória da Conquista (BA), que queria saber se vai ter bons resultados no cruzamento de Limousin com Nelore via inseminação artificial. Confira:

Pergunta: 

Dá certo fazer cruzamento terminal de Limousin com Nelore? Ismailton Júnior – Vitória da Conquista (BA).

Resposta:

De modo geral,  vai haver heterose, ou seja, choque de sangue com o cruzamento. O cruzamento do Limousin com Nelore resultará em um F1 musculoso, com alto rendimento de carcaça. Contudo, poderá ter dificuldade para encontrar variabilidade genética na raça europeia.

A possibilidade de você ter bastante touros para escolher é menor, já que o Limousin tem muito menos possibilidade de genética no Brasil como sêmen. Temos alguns touros à disposição e não tem uma quantidade como os britânicos, como tem, por exemplo, o Angus.

ENGORDA INTENSIVA

O Limousin fará um belo trabalho em termos de rendimento e uma carcaça mais limpa. Então o ideal é você desmamar e já jogar no cocho com muita ração e castrá-lo para que ele tenha o acabamento mínimo exigido pela indústria, de 3 mm.

Assista na íntegra a resposta do especialista sobre o cruzamento de Limousin com Nelore:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *