Qual a melhor estratégia para padronizar gado anelorado?

No episódio do dia 8 de fevereiro do “Giro do Boi Responde”, Alexandre Zadra tirou as dúvidas de um criador de Aramina (SP), que começou a criar gado de corte há cerca de dois anos e agorra quer padronizar o seu rebanho de gado anelorado e azebuado. Confira a resposta:

Pergunta:

Quero melhorar o plantel que já tem novilhas com sangue NeloreGuzerá, além de animais mestiços. Qual touro usar para alcançar o objetivo? Alceu Barbosa, Aramina (SP).

Resposta:

OLHO NO MERCADO DE REPOSIÇÃO

Você tem um leque vasto de opções e observar o mercado pode ajudar a afunilar as escolhas. Quando se pensa num mercado de desmama, você tem que, logicamente, conhecer o mercado que está entrando. Ou seja, hoje em Aramina, nessa região de São Paulo, ou Triângulo Mineiro, a gente sabe que existe preferência por bezerros com influência da cor preta. Sejam F1 (Angus), sejam filhos de Brangus na Nelore, ou bezerros brancos, Nelore, onde se vende bem.

Então a gente tem que pensar em duas cores que você vai gerar, para ser prático. Assim, eu recomendo que você use como touro o Brangus, por conta de que os bezerros serão pretos, ou aquele preto quase rapé. Mas tem uma venda um pouco melhor do que o bezerro de outra cor

Além disso, outra opção para usar no gado anelorado e azebaudo são as raças zebuínas. Ou você usa Zebu. De preferência, o Nelore, por conta da facilidade de compra de touros Nelore.

Entretanto, se tiver facilidade para encontrar reprodutores de outras raças, você pode também variar. Se você achar também Tabapuã, vai bem também porque você tem choque de sangue, heterose. Mesmo o Guzerá vai muito bem também. Depois disso, você mocha os bezerros filhos de Guzerá em Nelore, os Guzonel, e você fará animais fumaça, azulegos. Muitos serão brancos, uns poucos escuros, talvez. Mas é um Zebu muito forte e atrativo na venda.

Vale lembrar que o cruzamento com zebuínos pode gerar matrizes de reposição sobre o gado anelorado. Além de ser uma fêmea boa, se você quiser reter as fêmeas filhas de Zebu com Zebu, nesse caso.

Para concluir, eu recomendo que você use um Zebu como touro. Seja Guzerá, Tabapuã, seja Brahman também, se você achar Brahman na região. Ou Nelore nas suas Nelore. Ou você use Brangus, apenas por conta de mercado”, disse em resumo.

Por fim, assista o vídeo com as recomendações de Alexandre Zadra a respeito de padronização de gado anelorado e azebuado:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Páginas

Postagens Recentes