Touro Canchim vai bem com quais raças no Acre?

O quadro Giro do Boi Responde do dia 9 de junho deu dicas de touro para cruzamento industrial voltada para a produção de carnes especiais. A dúvida veio do pecuarista Thiago Muñoz, da capital do Acre, Rio Branco.

Pergunta:

É correto utilizar touro Canchim em vacas meio-sangue Angus e Senepol? Esse cruzamento gera animais adaptados e de boa carcaça para produção de carne premium?

Resposta:

Ese cruzamento é interessante, sim, para animais adaptados e de boa carcaça. No entanto, em um cruzamento desse tipo, os animais terão 56% de sangue europeu. E, por isso, os animais não comem tanto no calor. Para driblar isso, o ideal é fazer uma desmama mais acelerada e uma dieta mais turbinada, aliando concentrado e pasto.

Outra opção é usar o touro Canchim numa vaca meio-sangue Senepol e Nelore. Por ser uma raça de maior porte e a Senepol Nelore ser de menor porte eles se acasalam muito bem. Isso vai gerar heterose, que é o choque de sangue com complementaridade. É tudo que a gente quer, além de adaptabilidade. Os produtos desse cruzamento são animais de apenas 31% de sangue de raças do frio e 69% é de genética adaptada. 

Confira a resposta da completa pelo vídeo abaixo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Páginas

Postagens Recentes